Sagrado feminino e cosméticos naturais

Toda mulher tem uma deusa dentro de si, isso inclui ao mesmo tempo a natureza e a beleza. Portanto, sagrado feminino e cosméticos naturais tem uma relação íntima, direta e inevitável. É justamente o despertar para essa consciência, a conexão com a natureza e a libertação de padrões da sociedade que revelam o poder transformador da alma feminina. Transformação que passa pela intuição, pela percepção, pela força e pela beleza.

Para mim, escrever sobre isso é falar do quão revolucionário e revelador é estar diante desse portal chamado “Sagrado Feminino”. Mais que uma recondução à essência feminina, é falar de uma viagem interior guiada pelo coração. É a busca da própria identidade (autoconhecimento) e de uma verdadeira transformação na maneira como você se reconhece e como age com outras pessoas.

Sagrado Feminino e cosméticos naturais = ancestralidade

Essa redescoberta é um resgate da nossa ancestralidade. As vivências do Sagrado Feminino, que são os encontros chamados de “Roda” ou “Círculo” de Mulheres. Essas rodas são momentos para honrar e se conectar ao feminino, à linhagem ancestral. Essa prática, tão benéfica e necessária, está sendo reintroduzida na nossa cultura e trazendo a nós, mulheres, muita sabedoria.

Sagrado feminino e cosméticos naturaisAs vivências são para estudo das deusas (arquétipos), danças circulares, debates sobre os ciclos menstruais, fases da lua, gestação e a influência das forças da natureza em nossas vidas. Perceber a Mãe Natureza como nossa grande mãe é a conexão necessária para expansão da consciência do eu feminino.

E como é possível essa conexão? Em primeiro lugar, a consciência de que somos seres naturais, portanto, somos carregados de energia vital, assim como todos s elementos naturais (sejam animais, vegetais e minerais). Se a natureza em sua completude e sabedoria é capaz de suprir todas as nossas necessidades – porque natureza com natureza se entendem. Então por que contaminar nosso corpo, mente e alma com substâncias sintéticas e tóxicas? O contato com o natural intensifica, fortalece a relação com o divino. Aumenta a intuição. Com essa experiência, qualquer uma pode facilmente testemunhar isso.

Eu, minha natureza e a nossa natureza

Ao permitir o contato com o natural, minha intuição e percepção afloraram. Hoje não utilizo cosméticos sintéticos e busco uma alimentação o mais natural possível – mesmo reconhecendo que não é tão simples. Por exemplo, não utilizar shampoos, condicionadores e tinturas químicas no meu cabelo faz com que eu preserve essa região sagrada, que é a cabeça, minha aura. Sim, porque a contaminação dessas substâncias sintéticas ultrapassa as barreiras do físico. Isso vale para todo o nosso corpo.

Agora o mais interessante ao estudar sobre o Sagrado Feminino é descobrir como era tão reverenciado nas civilizações mais antigas. A exposição da vulva, por exemplo, pode ser encontrada em diversas esculturas , em diversos países. Isso tinha um significado existencial muito amplo. Na Índia, yoni (vulva) era louvada em um lugar considerado sagrado, numa passagem para forças sutis, um portal para os mistérios cósmicos.

O Feminino era Sagrado na Idade da Pedra

Há uma teoria em que na Idade da Pedra, a menstruação era considerada uma manifestação de poderes divinos ou sobrenaturais no corpo humano. As mulheres sincronizavam seus ciclos menstruais entre elas e com forças naturais muito maiores, como as marés e fases da lua. Portanto, antes das religiões patriarcais, a menstruação era mais sagrada e menos “nojenta”.

Precisamos experienciar toda nossa divindade sem medo e sem culpa. Estejamos conscientes para expressar isso. Não permitamos ser subjugadas ou diminuídas.

Vivencie: Sagrado Feminino e cosméticos naturais

Sagrado feminino e cosméticos naturaisApesar da semelhança, Sagrado Feminino e Feminismo são distintos. O Sagrado é o despertar da essência feminina, mas que se complementa com os conceitos feministas de valorização da mulher, igualdade…

Nossa empatia e o fortalecimento da feminilidade é uma grande missão para toda mulher. Despertemos, então, pelo sagrado feminino e cosméticos naturais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *