Câncer e beleza natural – prevenção e cuidado

Câncer e beleza natural têm uma relação profunda por dois motivos, cosméticos convencionais podem ser uma das causas do câncer. Em segundo lugar, se desenvolvermos um câncer, uma das principais preocupações é com a nossa aparência. E a nossa imagem, especialmente a queda de cabelo e sobrancelhas e o aspecto da pele costumam nos abalar.

Câncer e beleza natural é um assunto recorrente por aqui. Afinal, a Caule nasceu no intuito de que todos os seres vivam a sua plenitude. A beleza é resultado da plenitude da saúde física, emocional, mental e espiritual. Se dependesse da nossa vontade ninguém mais passaria por um câncer.

Quando a Débora que está saindo da quimioterapia entrou em contato com a gente, eu fiquei feliz.  Meu pensamento foi: que bom que ela chegou aos cosméticos naturais. Confesso que me dá arrepios ver mulheres com câncer usando maquiagem convencional, com pigmentos de metais pesados, conservantes e fragrâncias sintéticas cancerígenos, sobrecarregando e intoxicando ainda mais o sistema imune.

Pedi para a Débora contar a sua experiência de câncer e beleza natural e com os produtos de higiene e cosméticos saudáveis. Ela está saindo do período de quimioterapia e nesse momento, a sensibilidade do organismo é extrema.

celulas-cancer

2019 já está se tornando melhor!!!

Hoje, 16 de janeiro de 2019, tive minha primeira experiência com produtos selecionados pela Caule. O Shampoo Multivegetal de Coco, Centelha, Feno Grego, Hibisco Levedura é sensacional e o Gloss Nude Bioart é indescritível. Vou contar um pouquinho da minha história:

No final do ano de 2016, descobri por acaso um nódulo na mama. Já estava muito grande e tive indicação de mastectomia total. Levei muito susto. Mas por causa do nódulo ser muito grande, também fui submetida a sessões pesadíssimas de quimioterapia. O objetivo era a redução do tamanho do tumor, para depois operar.

Sempre fui uma pessoa extremamente vaidosa, tinha os cabelos sempre longos, usava maquiagem, esmaltes e cremes e, de repente, 15 dias depois da primeira sessão quimioterápica, todo o meu cabelo caiu. Foi um choque e um susto. É claro, a gente nunca pensa que vai passar por isso. Foram meses dificílimos e tudo que eu pensava era ter minha saúde recuperada e meus cabelos de volta.

Fiquei até muito recentemente sem coragem de usar nada: nem cosméticos nem nada porque eu estava me sentindo muito feia e desanimada.
Fiz a mastectomia total e foram meses de fisioterapia para recobrar os movimentos. Passei também por sessões de
hormonioterapia, que funcionam como uma quimioterapia mais leve. Nesse período, meu cabelo começou a nascer. E pasmem: nasceu branquinho!

Sempre fui alérgica a tinturas e tonalizantes, mas a henna eu posso usar e o resultado é incrível: brilho e maciez nos fios e não aquele ressecamento típico da maioria das tinturas.
Com todos esses tratamentos, minha pele ficou bastante ressecada, os cabelos crescem ainda com dificuldade e ressecados também – esse aspecto fragilizado ficou praticamente imperceptível já na primeira aplicação do shampoo Multivegetal.

 

Luz no fim do túnel – câncer e beleza natural

Meu desânimo durou até eu conhecer a Caule com sua visão, suas causas, suas palavras de incentivo na pessoa da Janine. Então agora penso que tudo já está passando. O uso de um shampoo vegano que amaciou meus cabelinhos e o uso de um gloss natural lindo já fez eu me sentir diferente.

E eu não posso deixar de fazer uma comparação: os produtos naturais / veganos são REALMENTE muito melhores e superiores em termos de eficácia, se compararmos aos produtos industrializados.
Demorei quase 50 anos – rsrsrsrs (tenho 49) – para descobrir isso. Mas foi por falta de oportunidade de ter esses produtos sensacionais.
Se você ainda não os conhece, não demore em experimentá-los: eles realmente fazem a diferença sem falar que não são testados em animais e são livres de parabenos, corantes artificiais e outros venenos.
E quanto a mim, tive alta médica agora no princípio do mês de janeiro. Tenho que tomar uma medicação diária durante cinco anos e fazer exames a cada seis meses, mas já me sinto mais liberta da doença. Acho que também já me sinto pronta para recomeçar e recomeçar de um jeito diferente: saudando a natureza e vivendo a naturalidade das coisas!!!!

 

Débora Cristina de Oliveira Almeida

autora - cancer e beleza natural

São João del-Rei / Minas Gerais

Formada em Letras nas áreas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e suas Literaturas pela Universidade Federal de São João del-Rei.
Pós-Graduada em Língua Portuguesa pelas Faculdades Integradas Simonsen e Pós-Graduada em Psicopedagogia pela Universidade Cândido Mendes.
Atua como professora há 18 anos (na área de Línguas no Ensino Fundamental e Médio e Comunicação no Ensino Técnico Profissionalizante). Também trabalhou por um período de mais ou menos 8 anos em indústrias de vários segmentos, atuando na área administrativa como Secretária. Adora viajar. Seja qualquer tipo de viagem para onde quer que seja. As estradas me fascinam mais do que qualquer outra coisa. Meu pai era caminhoneiro e minha mãe, quando estava esperando por mim, viajava com ele. Acho que é por isso. Sinto-me livre e plena quando estou a caminho de algum lugar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *